Comerciantes pedem isenção de impostos pelos impactos causados pelas obras do VLT em Santos

  • 14/01/2022
(Foto: Reprodução)
Reunião foi realizada nesta sexta-feira (14). Prefeitura afirma que será estudada a possibilidade de extensão da medida para a cobrança do IPTU e renúncia fiscal. Comerciantes reivindicam à prefeitura isenção de impostos diante dos impactos das obras do VLT em Santos, SP Arthur Ryber Comerciantes e moradores da Rua Campos de Melo, em Santos, no litoral de São Paulo, se reuniram com representantes da prefeitura nesta sexta-feira (14) para reivindicar alguns pontos sobre a obra do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), e também para pedir a isenção e remissão de taxas e impostos, devido aos impactos causados pela obra. O morador e comerciante Arthur Ryber, de 21 anos, é um dos representantes da Associação de Moradores e Comerciantes da Campos Melo (Amoccam). Ao g1, ele disse que apoia a causa por entender que o VLT até poderia ser interessante, se fosse uma obra diferente da que está sendo feita, não apenas pelos problemas ocorridos durante o serviço, que diminuem o fluxo de clientes nos comércios, fazendo, inclusive, com que alguns pensem em fechar as portas. "O acesso de moradores às suas casas, não tem acesso de carro, acesso de socorro, então é fácil assaltar a pé e correr. E, também, a questão do que vai acontecer depois dessa obra, com dificuldade de acesso ao estacionamento interno das nossas casas e prédios. Vai ter uma desvalorização dos nossos imóveis, por isso, a gente está fazendo parte dessa luta", explica. Segundo Arthur, as questões levadas para a reunião desta sexta são, basicamente, como a obra está acontecendo e a falta de elaboração de um cronograma que realmente seja seguido. "Não seguem um cronograma, tem dias que os trabalhadores passam o dia inteiro sentados, esperando chegar material ou uma ordem diferente". De acordo com o morador, a promessa de construção de baias para 80 carros estacionarem ao longo da rua não foi cumprida até o momento. "Ainda é muito pouco, considerando que tem cerca de 500 veículos, mas nem isso estão fazendo". Outra questão levantada é a instalação de câmeras de monitoramento, pois, segundo os comerciantes, os assaltos aumentaram. "Sempre teve assalto em comércio na nossa rua, mas antes, a polícia tinha fácil acesso, chegava muito fácil. Hoje, é difícil até para quem está de um lado da rua ter acesso ao outro. Isso acaba deixando a gente muito mais vulnerável". Ryber enfatiza que a prefeitura tem um diálogo aberto com os comerciantes e moradores da região. "Nosso objetivo é continuar na luta. A gente tem tentado ter uma conversa bastante amigável. Se não for hoje, a gente vai continuar tentando, e com um número maior de pessoas para sair na rua", conclui. Posicionamento Em nota, a prefeitura informou que, na manhã desta sexta-feira, foi realizada no Centro de Controle Operacional (CCO) uma reunião entre comerciantes da Rua Campos Melo e representantes da administração municipal, com a participação de vereadores da Câmara Municipal, para discutir a reinvindicação da isenção e remissão de taxas e impostos, diante dos impactos das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos. Segundo a prefeitura, ficou definido que a Secretaria de Finanças (Sefin) fará levantamentos para o envio de projeto de lei ao Legislativo para a concessão de isenção e remissão das taxas de licença, localização e de publicidade aos comércios da Rua Campos Melo, no trecho entre a Avenida Afonso Pena e a Rua Campos Sales. Também será estudada, de acordo com a prefeitura, a possibilidade de extensão da medida para a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e a estimativa de renúncia fiscal. Ao g1, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) disse, por telefone, que o cronograma está sendo cumprido, e que as obras estão dentro do prazo. Quanto às baias, a empresa disse que a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) encaminhou o projeto na quinta-feira (13) para a EMTU, a partir de então, executá-lo. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

FONTE: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2022/01/14/comerciantes-pedem-isencao-de-impostos-pelos-impactos-causados-pelas-obras-do-vlt-em-santos.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes